GRAFORRÉIA XILARMÔNICA

A primeira vez que eu ouvi falar o nome Graforréia Xilarmônica foi no, por incrível que pareça, longínquo ano de 2002. Eu estava na rua Teodoro Sampaio, em São Paulo, em uma daquelas lojas de CD que você acha tudo, até o primeiro disco solo do Cumpadre Washington…. Pois bem, estava com um amigo natural de Porto Alegre, que derrepente indaga o vendedor: Tem o CD da Graforréia Xilarmônica? O vendedor ficou pálido, engoliu seco e respondeu: Quê????? Nesse meio tempo eu quase entrei em coma de tanto dar risada dessa singela graça…

Nesses seis anos que se passaram áté hoje, minha relação com essa banda foi ficando muito interessante… A cada música que ouvia ficava mais intrigado e impressionado com a originalidade desse trio Gaúcho!

A banda já é antiga e tem muita história no Rio Grande do Sul. Surgiu no começo dos anos 80 e, liderados por Frank Jorge, batalharam muito tempo no underground portoalegrense. Ficaram muito conhecidos no cenário. Em 94 a banda foi contratada pelo selo da Warner, Banguelas Records, que era dirigido pela banda Titãs. Gravaram no selo o álbum Coisa de Louco II, que contém a música que se tornou um hino do rock gaúcho: Amigo Punk, que inclusive foi executada no final do Acústico MTV Bandas Gaúchas. Apesar do nome, a música mistura rock com música regional do Rio Grande do Sul, e nada mais é, que uma sátira aos costumes e expressões do estado. O selo não foi pra frente, então o grupo gravou um segundo disco totalmente idependente: Chapinhas de Ouro, o disco tem uma faixa que foi gravada e usada como música de trabalho pelo grupo Pato Fu: Eu.

O grande trunfo da Graforréia é a incrível mistura de Jovem guarda, rock clássico e música brega, além das maravilhosas letras com um humor irônico e inteligente! A música pode parecer um pouco esquisita para quem ouve pela primeira vez, pois a banda, principalmente o guitarrista Carlo Pianta, são adeptos de tocar algumas notas que não estão exatamente no campo harmônico da música, se é que vocês me entendem…. Mas isso só torna a estética do som da banda mais diferenciada e mais interessante. Enfim, é uma das únicas bandas que da pra ouvir o disco inteiro e encontrar a mesma qualidade em todas as faixas!

A Graforréia lançou um disco Ao Vivo em 2006 e prepara um inédito para esse ano. Por enquanto você pode encontrar algumas músicas no site da Trama Virtual:

http://tramavirtual.uol.com.br/artista.jsp?id=6549

Mas, eu recomendo ouvir um disco inteirinho, do começo ao fim…. Você pode baixa-los na comunidade Discografias, no Orkut.

Vale a pena!

PRÓXIMA SEMANA: Aí sim, a análise minunciosa de “Foi gol mas o juiz não viu” – W. Garcia
About these ads

3 Respostas

  1. Pô, o que o Claudir Segura está fazendo com uma camisa florida, e fazendo cara de felino em uma banda gaúcha ? !!! (ver foto do post)

  2. E não é que parece mesmo!

  3. haha muito bom, o Claudir nos deve explicações!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: