BAH, MAS TU PIROU O CABEÇÃO MESMO HEIN GURI?

Banda gaúcha quase conhecida em território nacional, e autora da canção “Melissa”, o Bidê ou Balde é a precursora do tipo de som que hoje é feito pelo Cachorro Grande e divulgado massivamente pela MTV.  Admito  que antes eu tinha um grande preconceito  com a banda, justamente por causa da já citada canção.  Mas o tempo passa, de repente me pego ouvindo empolgado “as cores bonitas”, embabascado com a beleza de “mesmo que mude”, com a bela participação da banda no acústico MTV bandas gaúchas, me tornando fã dos conterrâneos do Cachorro Grande  e volto atrás; tarefa árdua, vou atrás de um cd do Bidê ou balde.

Encontro o É preciso dar vazão aos sentimentos de 2004 que é um disco ótimo, uma verdadeira celebração ao amor e à união. Sem falar da versão original de “mesmo que mude” que é uma coisa louca de tão linda.  Mas eu quis pegar um momento anterior da banda, procurei então pelo disco de 2002, Outubro ou nada. Pronto. Encontrei uma jóia perdida do rock nacional.  Com exceção da canção de abertura ( Hollywood #52) que não me encantou muito, o disco é uma coisa assim, fantástica: da já conhecida do acústico “microondas”, passando pela bonita “adoro quandfo chove” (queria ser inglês, eu também), a  louca “A-há”,  e a mal-humorada “O antipático” é uma canção à parte.

Tem boas doses de mal comportamento,  bom humor, e rock n roll da melhor qualidade com letras em português. Banda fantástica essa.

www.bideoubalde.com.br/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: