TOP 10 DO DIA DOS NAMORADOS

Brega, cafona (putz, essa é velha), água-com-áçucar… Todos esses adjetivos são válidos para classificar as pérolas que serão listadas a seguir. Mas, quem sabe, você é um reacionário… daqueles que ainda curtem uma serenata na janela… Aí, uma dessas músicas podem ser uma boa pedida….

Bem, vamos a lista:

10 – Always on my Mind – Roberto Justus (hehehehehe)

9 – I Want it That Way – Backstreet Boys 

8 – Unchained Melody – Righteous Brothers (filme Ghost)

7 – Hello – Lionel Richie

6 – I Don´t Wanna Miss a Thing – Aerosmith

5 – I´ll Be There for You – Bon Jovi

4 – Have You Ever Really Loves a Woman – Bryan Adams

3 – I Just Called to Say I Love You – Stevie Wonder

2 – Cosas de la Vida – Eros Ramazzotti

1 – When a Man Loves a Woman – Michael Bolton

Se você descorda da lista ou se lembra de outras músicas (a memória já não funciona muito bem…), ou ficou puto com o meu post, fique a vontade para deixar um comentário…

Ah, se você for diabético: cuidado com tanto açucar!!! 

Anúncios

JOÃO BRASIL E SEUS 8 HITS

“Baranga/ cheia de marra/ cintura de ovo/ pega quem quiser, mas tem que chegar”. Pois é, camaradas, você deve se lembrar desse refrão que tocou insistentemente no finado programa Mucho Macho da MTV. Talvez se lembrem, ou conheçam a própria figura de João Brasil, o autor e intérprete da pérola. Agora com um visual um pouco mais brega e trash do que antes ele lança pela gravadora Som Livre o disco João Brasil e seus 8 Hits. O álbum, além da já estourada Baranga, tem em suas faixas outras músicas já conhecidas pra quem acompanhava a carreira desse carioca: Pau Molão e Cobrinha Fanfarrona são alguns exemplos…

 

Vale a pena conferir alguns exemplos no site My Space:

http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendID=106674565

A página está bem legal, e conta inclusive com o recém lançado clipe de Baranga.

Diversão garantida em cada faixa, em um formato pra lá de interessante!

 

A DANÇA DOS TÉCNICOS

Ontem a tarde, os torcedores colorados fora surpreendidos com uma bomba: Abel Braga não é mais técnico do Internacional. Abelão aceitou a proposta de um time dos Emirados Árabes chamado Al-Jazira, sim, você não ouviu errado, é o mesmo nome da emissora de TV em que Bin Laden manda seus recados… Enfim, com mais essa saída, já são 7 trocas de treinadores em apenas 4 rodadas do Brasileirão da série A. Abel se juntará a outros renomados profissionais como Émerson Leão e Cuca nessa já extensa lista.

Como sempre, fica a pergunta: quem substituirá Abel no Inter? Muitos nomes já estão rolando por aí… um dos principais é o de Muricy Ramalho, que depois da eliminação na Libertadores e o fraco desempenho momentâneo no Campeonato Brasileiro (apenas 3 pontos em 4 rodadas), pode não resistir no cargo. Muricy, que também chegou a ser cobiçado pelo Santos, que está sem técnico depois da saída de Leão. Mas o são paulino não é o principal foco do Peixe, que pensa em repatriar Paulo Autuori ou contratar Cuca, que deixou o Botafogo depois da eliminação na Copa do Brasil. Botafogo que chamou Geninho, que estava no Atlético Mineiro, para ocupar a vaga. Atlético, que por sua vez, contratou Alexandre Gallo, que estava no Figueirense, e, já na estréia, bateu a Portuguesa no Mineirão por 2 a 0. Lusa que, por enquanto, vem mantendo Vagner Benazzino cargo, mesmo sendo a vice-lanterna no campeonato.

Vocês entenderam???

É, meus amigos, muito melhor que a dança dos famosos, a dança dos treinadores aparece assim que o Brasileião começa, e sem duvida só acabará na sua última rodada. Uma dinâmica bem particular do futebol nacional, pelo menos enquanto continuarmos a perder nossos profissionais até pra times chamados Al-Jazira…

Foto retirada do site finalsports.com.br

A MÚSICA DOS JUSTUS

Hoje eu deveria estar escrevendo a análise do disco Foi gol mas o juiz não viu, mas devido a um pequeno imprevisto, tive que mudar de planos em cima da hora……… Fiquei sem saber sobre o que escrever… resolvi falar sobre um músico que saiu a pouco do underground e já gravou seu disco de estréia por uma gravadora… 

Roberto logo de cara chama a atenção e, de certa forma, sai do lugar comum no que se diz respeito a carreira de um músico. O habitual é que o cidadão “se descubra” músico na adolescência e consequentemente, caso tenha talento, seja reconhecido como tal logo após essa fase. Com Roberto as coisas aconteceram um pouco mais tarde, depois dos 50 anos……..

A descoberta da veia de cantor aconteceu no ano passado, na festa de um amigo. Era pra ser apenas uma brincadeira, mas o sonho de Roberto falou mais alto.

Por ter um certo poder aquisitivo, consequente de algum reconhecimento em seu meio de trabalho (publicidade), além de algumas aparições esporádicas na televisão, Roberto não teve dificuldades para fazer contatos com grandes empresários de gravadoras. Sem maiores problemas, fechou contrato com a Sony/BMG, o que não é nenhum demérito ao real talento de Roberto, afinal, Cazuza também era filho de um diretor da Som Livre….

O álbum de estréia recebe a graça de Só Entre Nós e tem participações especiais de grandes ícones da música brasileira: Agnaldo Rayol e Paulo Ricardo são alguns bons exemplos. O disco traz em suas 12 faixas, grandes hits da história da música, como What a Wonderful World, Yesterday e Always on my Mind, todas com interpretação pra lá de especial, de um jeito que só alguém com a sensibilidade e emotividade de Roberto Justos pode cantar.

Você pode encontrar o CD para vender no site Americanas.com:

http://www.americanas.com/AcomProd/580/2525247

Ou então, adquira o seu na loja do ramo mais próxima de sua casa. (se tiver coragem…..)

Importante: essa resenha foi obviamente uma piada.

SEMANE QUE VEM: Enfim, a famigerada análise do álbum “Foi gol mas o juiz não viu” – W. Garcia

SERÁ O CRUZEIRO?

Já se passaram 3 rodadas do Brasileirão e resta apenas uma equipe com 100% de aproveitamento, o Cruzeiro Esporte Clube. O time mineiro já havia vencido o Vitória em Salvador e o Botafogo em Minas. Ontem a vítima foi o Santos, no Mineirão. Nada mais nada menos que 4 a 0. O time da Vila foi presa fácil para a Raposa, muito também pelo desânimo do Peixe depois da eliminação na Taça Libertadores quinta-feira… o time entrou em campo visivelmente abatido. A primeira etapa foi um pouco mais equilibrada, o Cruzeiro fez 1 a 0 com Guilherme, mas o Santos desperdiçou algumas oportunidades para igualar o marcador, a mais clara com Molina, que ficou cara a cara com o goleiro Fábio. Já o segundo tempo foi uma festa azul: Guilherme novamente, Wagner e Maicosuel, trataram de acabar com qualquer esperança santista na partida.

As três vitórias da Raposa parecem confirmar o time 5 estrelas como um dos favoritos reais ao título, não só pelos resultados, mas pela a forma segura que eles vem saindo. O time já marcou 7 gols e não sofreu nenhum, ou seja, ataque e defesa com eficiência clara.

Dos outros favoritos ao título, o Flamengo é o único na cola, dois pontos abaixo. Depois disso, das equipes que realmente tem condições de conquistar o campeonato, a mais próxima é o Palmeiras que já está 5 pontos atrás… O Inter tem 6 a menos, o São Paulo 7, e o Fluminense 8!

Apesar do Brasileirão estar apenas começando, a arrancada cruzeirense nesse início pode fazer muita diferença no final…

Foto retirada do Portal Terra

QUE BARULHO É ESSE? AH, É O BÊCA…

Ontem no Maracanã, o São Paulo foi derrotado e eliminado épicamente pelo Fluminense. O jogo foi…. ops…. hoje não é dia da coluna “Gol contra”….

Perdão…

Hoje vou falar um pouco de um cidadão que morou dois andares abaixo do meu apartamento, o Bêca Arruda. Não era incomum passar pela entrada do edifício e de repente ouvir algúem, em uma intensidade considerável, fazendo exercícios de canto. Todos os moradores já sabiam quem era… Mas quem não estava acostumado, perguntava: Que barulho é esse?  Não era incomum também eu aprender novos acordes, técnicas de canto e manhas de composição com esse cara. Mas, sem dúvida, o mais interessante foi acompanhar de perto a evolução e luta desse músico para conseguir, de forma idependente, viver, sobreviver, e ser reconhecido por um grande público. Hoje (22/05), às 1:39 da tarde, a comunidade do Bêca no Orkut tem exatamente 13.615 pessoas.

A música de Bêca Arruda traz o estilo Reggae em um formato de Luau. Pode-se dizer que é semelhante ao estilo de Jack Johnson, mas com uma identidade própria incrível! As letras e melodias compostas por ele, em hits como Always Togheter e Quatro Elementos, têm os ingredientes ideais para agradar muita gente, especialmente o público feminino…. Ele não é bobo, né….

O Bêca está pra lançar, depois de algum tempo, um CD novo, Nômade. Você pode saber mais sobre a história, músicas e agenda no site oficial:

 http://www.becaarruda.com.br

NÃO PERCA: semana que vem, finalmente, a aguardada análide de “Foi gol mas o juiz não viu” – W. Garcia.

PANELA VELHA

                  

Na última sexta-feira chegou ao Brasil a notícia que os veteranos laterais do Milan, Cafú e Serginho, não disputarão a próxima temporada pelo clube italiano, a dupla está de malas prontas para voltar ao país natal. O capitão do Penta, com 38 anos, e Serginho, com 36, ainda não definiram se vão parar de jogar ou encerrar suas carreiras em um clube brasileiro. Essa notícia trouxe mais uma vez a tona a discussão: jogadores em fim de carreira são um bom negócio para os clubes nacionais?

O tema é pra lá de controverso, são muitos os que defendem tanto um lado quanto o outro.

Essa última rodada do Brasileirão, por exemplo, nos trouxe a impressão que os velinhos ainda podem ser úteis. Sábado em São Januário, no duelo com sotaque português, ô pá, o Vasco da Gama bateu a Portuguesa de Desportos por 3 a 1, e mais uma vez Edmundo deixou sua marca. O atacante já completou 37 anos e vem sendo muito importante para o clube da colina. Edmundo colocou a bola na rede na maioria dos jogos que fez pelo Vasco.

No dia seguinte, em São Paulo, foi a vez de Denílson ser o destaque do jogo em que o Palmeiras venceu o Internacional gaúcho por 2 tentos a 1. O camisa 19 também marcou seu golzinho, o que convenhamos, não é lá muito comum. Denílson tem “apenas” 31anos, mas apesar de mais novo que os outros jogadores citados, é considerado veterano no futebol.

Poderíamos colocar nessa lista também os goleiros Marcos e Rogério Ceni, ídolos de Palmeiras e São Paulo respectivamente. Mas aí, alguém vai dizer que goleiro não tem muito problema com idade avançada…. Não precisa correr, etc…  Enfim, sempre vão existir argumentos contrários aos velinhos, muitas vezes argumentos mais que contundentes, mas eu confesso que até gostaria de ver o Cafú jogando no meu time….

E você?